Exposição acontece no Parque Laucídio Coelho remodelado e promete bater 2023; entrada nesta 5ª é franca

Em julgamento na Expogrande, a raça nelore pintada participa pela primeira vez na feira. (Fotos: Divulgação/José Roberto dos Santos))

Com a previsão de movimentar R$ 150 milhões em negócios internos e atrair cerca de 120 mil visitantes, a 84ª Expogrande abre oficialmente nesta quinta-feira, 4, a partir das 19 horas, na pista central de julgamentos do Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande (MS). “A pista foi totalmente reformada, desde as arquibancadas e, além de sediar as avaliações de bovinos nesta edição da feira, servirá como palco para a prática de diversas modalidades de esportes equestres no futuro”, afirma o presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), entidade promotora do evento, Guilherme Bumlai.

A cerimônia contará com a presença de autoridades dos poderes constituídos de Mato Grosso do Sul, além de produtores rurais, associados da Acrissul, além do público visitante e demais lideranças do agronegócio, da política e da sociedade civil organizada de MS.

O Parque de Exposições Laucídio Coelho, que recebeu a sua primeira exposição em 1945, foi totalmente remodelado para a nova configuração da Expogrande, que desde o ano passado optou por separar a entrada dos espectáculos do restante do parque, uma experiência que pelo seu sucesso passou a ser cumprida definitivamente.

A primeira exposição aconteceu em 1933, no pátio do Colégio Oswaldo Cruz, com o nome “1ª Feira de Amostras de Mato Grosso”. Como a Expogrande só não foi realizada por alguns anos durante a II Guerra Mundial, na década de 40, e, mais recentemente, entre 2020 e 2022 por conta da pandemia de covid.

Pista de julgamentos recebe últimas retoques para a abertura de abertura da Expogrande
Pista de julgamentos recebe últimas retoques para a abertura de abertura da Expogrande

“Onde até o ano passado funcionava como arena de shows, o espaço passou a ser utilizado novamente como pista de julgamentos – são 80 metros de comprimento por 40 de largura”, explica o pecuarista Guilherme Bumlai, presidente da Acrissul. O local historicamente sempre foi utilizado como cerimônia de abertura oficial da Expogrande e não será diferente neste ano.

A nova arena de shows passa a ocupar o estacionamento dos sócios, próximo ao prédio da Acrissul. O estacionamento foi transferido para uma área maior, próximo à pista de julgamentos, com melhor acesso aos taterais de leilões, pavilhões de gado e demais áreas para visitação e negócios no Parque Laucídio Coelho.

O local onde funcionou a pista de julgamento será ocupado este ano pelo projeto Fazendinha Acrissul, um local maior, que abrigará exposição de pequenos e médios animais, com atividades recreativas e educativas dedicadas especialmente às crianças e estudantes, aprendizagem das práticas rurais e conhecimento da importância do agro para a vida de todos.

Estandes de máquinas e implementos para agropecuária são montados para uma feira tradicional
Estandes de máquinas e implementos para agropecuária são montados para uma feira tradicional

Expositores variados

O Parque de Exposições Laucídio Coelho está totalmente ocupado por 150 expositores dos mais diversos setores: máquinas e implementos agrícolas, energia solar, automóveis, insumos agropecuários, sementes, fertilizantes, comunicação, artesanato, gastronomia, lazer e entretenimento. Instituições como governo do Estado, Prefeitura de Campo Grande, Sistema S, Sicredi, Sebrae-MS, oferecerão todos os dias com agendas próprias trazendo ações, inovações e cursos, das mais diversas áreas de atuação do agronegócio.

Neste ano, a Acrissul terá uma posição própria na lateral da pista de julgamentos. É um ambiente cuidadosamente concebido, com o intuito de oferecer conforto e uma experiência agradável aos associados. “Queremos proporcionar uma oportunidade única para os associados estreitamente ligados ao se reunirem em um ambiente propício à troca de ideias e experiências e também realizar negócios”, afirma o presidente da entidade, Guilherme Bumlai.

Reprodutor Nelore PO comercializado durante o Leilão Patrimônio Genético na Expogrande
Reprodutor Nelore PO comercializado durante o Leilão Patrimônio Genético na Expogrande

Leilões

Para este ano a Acrissul programou 16 leilões para a edição da Expogrande, que chegou no dia 23 de março já com um movimento que superou as expectativas, faturando R$ 1.090 milhões com a venda de 40 reprodutores nelore PO durante o 4º Leilão Patrimônio Genético. A meta da Acrissul é superar o ano passado, quando foram arrecadados R$ 18 milhões com a venda de 4 mil animais durante a 83ª edição da feira.

Nesta quinta-feira, 4, dia de abertura oficial da feira, acontece o tradicional Leilão de Corte Acrissul, com oferta de 2 mil animais de criação, recria e engorda. O certo é promovido pela entidade e a Leiloboi Leilões Rurais, que neste ano completa 39 anos de existência. Na sexta-feira serão realizados dois leilões: a partir das 19 horas será a vez do 1º Leilão Girolando 3 Nascentes, do criador Claudionor M. Duarte, no tatersal de elite 2 do parque de exposições. No mesmo dia e horário acontece o Leilão Potros do Cerrado de Cavalo Crioulo, na sede do Núcleo de Criadores no Parque Laucídio Coelho.

Animal nelore é pesado na Expogrande em etapa que antecede o julgamento da raça.  (Foto: Divulgação/Thais Cintra/Acrissul)
Animal nelore é pesado na Expogrande em etapa que antecede o julgamento da raça. (Foto: Divulgação/Thais Cintra/Acrissul)

Julgamentos

Nesta primeira etapa, cerca de 400 animais nelore padrão, mocho e pintado serão julgados durante a Expogrande 2024. Esta é a primeira vez que a raça nelore pintado participa da competição ao longo das 84 edições da exposição. A pesagem dos bovinos aconteceu nesta quarta-feira, 3, e o julgamento será entre os dias 04 e 06. A avaliação da raça nelore padrão será entre os dias 08 e 09 de abril. Os julgamentos somam pontos para o ranking nacional da raça.

Nesta primeira etapa serão julgados ainda os equinos da raça crioulo. A raça promove ainda na sede do Núcleo de Criadores uma série de provas em sua sede, próxima à pista de julgamentos de equinos, que antecede a avaliação da raça, valendo para o tradicional Freio de Ouro, em Esteio (RS).

Na segunda etapa de julgamentos da feira, que acontece a partir do dia 10 de abril, serão julgados bovinos das raças girolando e gir leiteiro e ainda equinos das raças cavalo pantaneiro e árabe.

A Asmaco (Associação dos Criadores de Ovinos de Mato Grosso do Sul) participa com um pavilhão na Expogrande. Para este ano os criadores das raças suffolk, santa inês, texel, ille de france e dorper estão trazendo cerca de 100 animais para exposição e comércio. Durante o evento promoverão um encontro de ovinocultores e um workshop de desossa da carne.

Ciclo de palestras

Visando auxiliar o produtor na busca por conhecimentos, a Associação de Criadores Novilho Precoce MS promove dia 5 de abril na Expogrande um encontro com o tema “Pecuária em foco: mercado, gestão e política”, que pretende debater não só como estratégias para passar por períodos de desvalorização, como a própria gestão da mão de obra, outro grande gargalo do setor, e o cenário atual da política brasileira, com seus bastidores e como ela influência no agronegócio.

A agenda prossegue com a programação do Showpec, que realiza nos dias 8 e 9 de abril uma bateria de palestras com os mais renomados nomes da pesquisa e da ciência no campo da agropecuária. No dia 8, às 07h30 o ciclo abre com o tema “Dentro da porteira – BPA – Boas Práticas Agropecuárias”. Ao todo são 7 palestras no dia, que encerram com o tema “Crédito de Carbono – necessidades e resultados”.

O dia 9, terça-feira, abre com o painel “Precocidade Reprodutiva – Protocolo Embrapa +Precoce P14”, com cinco palestrantes da Embrapa Gado de Corte. À tarde as palestras continuam com “Clínica e Reprodução de Equinos”, com o professor Gustavo Ferro; “Doenças Neurológicas em Equinos”, com Eduardo Curvo; e, “Síndrome Cólica em Equinos”, com Larissa Ávila, todos professores da UFMS.

O Circuito de Palestras Showpec da Expogrande 2024 será promovido ainda nos dias 8 e 9 de abril o curso “Mapeamento e Pilotagem de Drones Agrícolas”. As inscrições são limitadas, 15 vagas por turma. Haverá duas turmas, sendo a primeira nos dias 8 e 9 de abril e, a segunda, nos dias 10 e 11 de abril.

De domingo, quinta-feira, a entrada ao Parque de Exposições Laucídio Coelho é franca. Sexta-feira e sábado o ingresso custa R$ 20,00. A entrada para os shows e áreas vips é cobrada à parte, conforme o dia e a atração.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *