A mudança global de Taiwan: construindo pontes econômicas além da China
A mudança global de Taiwan: construindo pontes econômicas além da China

Em meio à escalada de tensões com a China, o Ministro das Relações Exteriores de Taiwan, Lin Chia-lung, lidera uma mudança crucial na política econômica.

Nomeado pelo presidente Lai Ching-te, Lin, um político experiente, tem como objetivo reorientar as dependências econômicas de Taiwan para longe de seu vizinho imponente.

O plano de jogo de Lin? Estabelecer zonas industriais além das fronteiras de Taiwan. As áreas-alvo incluem Japão, República Tcheca e possivelmente nações do Sudeste Asiático, como Filipinas, Vietnã ou Tailândia.

Esta estratégia é uma continuação da Nova Política para o Sul de Tsai Ing-wen, projetada para fortalecer os laços com países da Oceania e do Sudeste Asiático.

Os investimentos nessas regiões aumentaram em 2022, superando os da China pela primeira vez.

A mudança global de Taiwan: construindo pontes econômicas além da China. (Foto reprodução da Internet)

Notavelmente, a Tailândia surge como uma forte candidata para essas novas zonas, impulsionada pelos investimentos taiwaneses existentes em uma cidade inteligente desenvolvida pela Amata, uma gigante industrial tailandesa.

Além disso, um novo tratado de investimento com a Tailândia acrescenta impulso, refletindo outros acordos com Filipinas, Índia, Vietnã e Canadá estabelecidos em 2016.

No entanto, esses acordos apoiam as ambições globais das pequenas empresas taiwanesas, fornecendo ajuda governamental essencial, desde facilitação de vistos até consultoria tributária.

Os esforços de Lin se estendem ao fomento de parcerias público-privadas, com o objetivo de finalizar esses planos ambiciosos ainda neste ano.

Essa urgência reflete o esforço de Taiwan para fortalecer seus laços internacionais em meio a ameaças de agressão militar e econômica da China.

Lin, com um portfólio robusto desde seus dias como prefeito de Taichung até vários cargos de segurança nacional, é essencial para as relações exteriores de Taiwan.

Além disso, suas iniciativas estratégicas são cruciais para reforçar a posição econômica global de Taiwan e apoiar o crescimento internacional das empresas locais.

Enquanto Taiwan enfrenta o isolamento diplomático e a coerção econômica chinesa, a diplomacia econômica de Lin é fundamental.

Seu objetivo não é apenas fortalecer a resiliência econômica global de Taiwan, mas também garantir sua posição estratégica em uma arena global cada vez mais complexa.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *