A produção está em andamento para a tão esperada reinicialização de um dos maiores sucessos da novela colombiana, “Newly Rich, Newly Poor” (“Nuevo Rico, Nuevo Pobre”).

Já se passaram mais de 15 anos desde o original TV Caracol o show conquistou o mundo, vendendo para mais de 100 territórios e gerando remakes no México, Grécia e Sérvia. Localmente, a novela, exibida de julho de 2007 a agosto de 2008, obteve uma participação média de 42,7% e uma avaliação de 12,9% no seu pico em 2007.

“A história de dois caras trocados no nascimento, navegando em vidas emprestadas, ganha um toque moderno com humor novo, drama e muitas surpresas. É um clássico da TV colombiana reformulado para os dias de hoje, pronto para despertar novos sentimentos e apresentar alguns personagens adoráveis”, disse seu escritor e criador Jörg Hiller.

Rodrigo Triana e Juan Carlos Vásquez dirigem um elenco estelar liderado por Variel Sánchez, Juan Guilera, Lina Tejeiro e Laura Barjum. A eles se juntam Ricardo Mejia, John Alex Toro, Julian Caicedo, Laura Taylor, Marcela Agudelo, Clary Borja e Martha Restrepo.

Na pacata cidade de São Francisco, uma enfermeira bêbada (interpretada por Esmeralda Pinzón) troca os recém-nascidos Andrés Ferreira (Guilera) e Brayan Galindo (Sánchez). A rica família Ferreira leva Andrés para casa, enquanto a humilde família Galindo cria Brayan. Décadas depois, Andres, agora proprietário de sucesso da Cartsmart, se envolve romanticamente com a modelo Fernanda Sanmiguel (Barjum), sem saber de seu caso com seu primo Mateo López (Mejia).

Enquanto isso, Brayan, um trabalhador descontraído, mora em uma pensão com o pai, Leónidas Galindo (Toro), a namorada, Rosmery Peláez (Lina Tejeiro), e os irmãos dela. Quando a enfermeira confessa, Andrés perde riqueza e status, enquanto Brayan ganha tudo. A troca desperta uma rivalidade acirrada entre eles, impactando relacionamentos e iniciando romances inesperados.

158 episódios do original são transmitidos atualmente na Netflix, embora a versão colombiana tenha se estendido para 194 episódios. Quando estreou na plataforma em 2021, estava entre os 10 melhores programas do ano em língua não inglesa em mais de 19 países.

Esta nova versão oferecerá 60 episódios em homenagem às mudanças nos gostos do público. Ele irá ao ar na Caracol TV e, eventualmente, será transmitido na Netflix.

Disse Lisette Osorio, vice-presidente de vendas internacionais da Caracol, que atualmente participa do Exibições em Los Angeles Independentes: “’Newly Rich, Newly Poor’ tornou-se um sucesso internacional com uma narrativa que combina magistralmente drama e humor. Com novas histórias e personagens, manteremos o público envolvido em todas as culturas.”

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *