O mais recente comercial da Apple – aquele onde o novo iPad “esmaga” diversos itens – rendeu críticas severas à “Maçã”, que chegou a pedir desculpas pelo ocorrido. A ironia é que a dona do tablet mais popular do mundo nem foi a primeira a pensar na ideia: a LG veículou um comercial semelhante em 2008.

Na época, a LG, cuja propaganda divulgou o então recém-lançado smartphone KC910 Renoir, não houve tantas críticas quanto ao tablet da Apple. A interpretação da peça de 2008 era mais evidente – a de que o celular tinha tanta coisa nova (foi um dos primeiros a ter GPS, Wi-Fi, um acelerômetro e suporte à tecnologia Dolby Audio), que ele compactava várias funções em um único lugar.

Veja também









Tecnologia
15 de maio




Apple LAN





Acessórios
06 de maio


É impossível afirmar com certeza que essa tenha sido uma ideia da Apple, mas é provável que a inspiração dela tenha sido de passar a mesma mensagem. Convenhamos, o novo iPad é o mais fino da categoria lançado até agora, fora que ele traz o novo processador M4, que a empresa disse trazer “um salto gigante” em desempenho.

Entretanto, como diz a expressão popular, o tiro saiu pela culatra: o fato do comercial mostrar itens aleatórios, de emojis a violinos, sendo esmagados pelo novo iPad fez muita gente – incluindo alguns especialistas em marketing e publicidade – entender que a Apple estaria “ pegando” todos os produtos de diversas indústrias e enfiando no tablet sem remunerar adequadamente seus criadores.

A situação gerou um sabor amargo que, necessariamente, fez com que uma das maiores empresas da tecnologia moderna pedisse desculpas.

Evidentemente, ninguém está afirmando que a Apple “copiou” a LG: segundo o Insider Intelligence, a dona do iPad teve um crescimento de quase US$ 9 bilhões (R$ 46,27 bilhões) em 2023. Em outras palavras, orçamento para criar algo original, ela definitivamente tem.

Ainda assim, é inegável que existe um contexto de inspiração – ambos os aparelhos trouxeram inovações que surgiram em um período em que seus recursos não seriam facilmente encontrados na concorrência (ok, isso é passível de interpretação, você entendeu…). De repente, uma homenagem a um comercial antigo pela via de um comercial novo poderia ter sido uma boa ideia.

Em todo caso, parece que a execução não agradou.

E você, o que achou dos comerciais de antes e de agora? Houve exagero nas respostas? Ou as críticas foram justificadas? Conte-nos o que você acha nos comentários!

O LG KC910 Renoir ainda não está disponível nas lojas brasileiras. Para ser notificado quando ele chegar.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *