Ao todo, foram mil inscritos, mas apenas 402 candidatos entraram na lista de cadastro reserva

Em fevereiro, pessoas fizeram fila em busca de empresários na Capital (Foto: Henrique Kawaminami)

O antigo Proinc (Programa de Inclusão Profissional), agora Primt (Programa de Inclusão ao Mercado de Trabalho), convocou 101 selecionados no 1º processo seletivo da Funsat (Fundação Social do Trabalho) de 2024. O chamamento foi publicado no Diário Oficial do município, nesta quarta (3). Os candidatos deverão comparecer à sede da Fundação das 7h às 10h desta quinta-feira (4) para contratação.

Ao todo, mil pessoas participaram do processo, mas apenas 402 entraram para a lista de cadastro reserva. Os apartamentos selecionados vão prestar serviços em algumas das 22 secretarias ou 5 autarquias da prefeitura. Neste apelo foram cinco selecionados para vaga de cotas raciais e 96 para ampla concorrência.

A procura dos candidatos foi considerada impressionante. Isso porque em fevereiro as pessoas fizeram filas, que chegaram a dobrar o quarteirão, em busca de vagas. Na época, o diretor-presidente da Funsat, Paulo Silva, explicou, ao Notícias Campo Grande, que muitos dos que enfrentaram a fila para inscrição no cadastro reserva não tinham todas as exigências previstas no edital.

Inicialmente, a expectativa era de que 120 candidatos fossem convocados a partir de março. Conforme a massa, os demais selecionados serão chamados quando abrirem novas vagas.

No ato de apresentação, os selecionados deverão levar documento de identificação, carteira de trabalho (física ou digital), CPF, número do PIS, comprovante de residência, certidão de nascimento ou casamento, certificado militar e CadÚnico atualizado.

Se o candidato tiver filhos, também deverá apresentar certidão de nascimento ou documento de identificação dos dependentes e comprovante de escolaridade ou declaração de escolaridade.

Para participar do Primt, o candidato deveria ter idade de 18 a 67 anos; ser inscrito no CadÚnico para programas sociais do governo federal; estar em situação de desemprego por período igual ou superior a seis meses; declaração de residência em Campo Grande há pelo menos um ano e possuir renda familiar per capita não superior a meio salário mínimo.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal fazer Notícias Campo Grande e siga nossos redes sociais.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *