A cada 15 dias, proprietários recebem turistas que podem curtir a propriedade, a natureza e os pratos caseiros

Os turistas tomam banho em uma das cachoeiras da região. (Foto: Arquivo pessoal)

Em Aquidauana, Lusiane Fredrich abriu as portas da Fazenda Ana-Lu para proporcionar um dia diferente aos visitantes. Trilha, banho de cachoeira e refeições bem caseiras são os principais atrativos do local que está localizado a 141 km da Capital.

Em 2000, uma turismóloga adquiriu uma propriedade que sempre encantou os amigos e familiares que iam até o local. “Sempre que alguém ia até a fazenda conhecia: ‘Isso aqui tem uma paz muito grande”, diz os proprietários. Em janeiro desde ano, esse encantamento se estendeu aos turistas que passam o dia curtindo a região.

Ao Lado B, Lusiane fala sobre a fazenda e como funciona o day use realizado quinzenalmente. Aos fins de semana, ela recebe grupos de dez a 24 pessoas que são recebidas às 7h30 com um café da manhã bem generoso.

Localizada em Aquidauana, propriedade é da família desde 2000. (Foto: Arquivo pessoal)
Localizada em Aquidauana, propriedade é da família desde 2000. (Foto: Arquivo pessoal)

A primeira refeição do dia, segundo ela, é feita com itens produzidos na fazenda. “Uma coisa que preço muito é usar ingredientes daqui, é um café da manhã de fazenda mesmo com queijo, coalhada, chipa, arroz carreteiro, café, chá de capim cidreira. O pão é feito da banha, leite e ovos daqui”, explica.

Após o café da manhã é a hora de fazer a trilha de cinco quilômetros que termina em uma das cachoeiras de Aquidauana. No local, o pessoal pode aproveitar para se refrescar à vontade até a hora do almoço. A refeição, seguindo o cronograma, é servida por volta das 13h.

Como no café, a refeição é bem caseira com cardápio variado conforme a quinzena. São servidos pratos típicos como a sopa guasú, além de macarrão tropeiro, carne de porco, carneiro ou gado. Para finalizar o dia, os visitantes podem tirar um cochilo na rede ou aproveitar para ficar na piscina da área de lazer da fazenda.

Por pessoa, o day use com todas as refeições incluídas custa R$ 165. Um diferencial à parte é o passeio a cavalo que dura de 1h a 1h30 minutos. “Oferecemos aos nossos turistas que fazem a trilha a oportunidade de um passeio opcional de mergulho na natureza enquanto percorrem os belos cenários que cercam a Fazenda Ana-Lu”, explica ela. O passeio custa R$ 90 por pessoa.

Além do passeio com trilha, Lusiane também aluga a fazenda para quem quiser estender os dias de descanso. O local tem uma estrutura composta por três quartos, banheiro, sala, varanda, cozinha, cozinha caipira, área de lazer com piscina, churrasqueira e redário. A diária fica a R$ 850 e pode se hospedar grupos de até oito pessoas.

Paraíso em Aquidauana Com 20 anos de experiência na área do turismo, Lusiane atuava no Refúgio Ecológico Caiman e intercalava a escala de trabalho com idas à fazenda. Após sair do refúgio ecológico, ela ficou um tempo em São Paulo fazendo cursos e se especializando.

No day use, os visitantes fazem trilha de aproximadamente 5 km.  (Foto: Arquivo pessoal)
No day use, os visitantes fazem trilha de aproximadamente 5 km. (Foto: Arquivo pessoal)

Depois de concluir os estudos, ela retornou a Aquidauana e ao Estado que sentiu saudade. “Decidi estudar e sempre pensando em voltar para morar na fazenda, ano passado retornei ao Mato Grosso do Sul, sinto muita falta de estar na fazenda”, conta.

A ideia de abrir as portas da propriedade para o ecoturismo surgiu apenas no final do ano passado. “Um casal de amigos pediu para alugar e várias pessoas tinham pedido antes. Dali, eu falei: ‘É isso que preciso fazer, compartilhar essa natureza, essa filosofia de vida”, afirma.

Desde janeiro é isso que uma turismóloga tem feito. “Me surpreendeu muito o retorno, cinco pessoas que já retornaram mais de uma vez e pra mim isso é o melhor. Estou muito feliz com esse retorno, estou bem satisfeito”, destaca.

Quem quiser conhecer o lugar, o perfil no Instagram @fazenda_analu

Confira a galeria de imagens:

Acompanhe o Lado B sem Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugerir? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas através do Whatsapp (67) 99669-9563 (chame aqui).

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal fazer Notícias Campo Grande e siga nossos redes sociais.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *