Alerta de emergência apita mesmo quando o celular está no silencioso (Ilustração: Vitor Pádua/Tecnoblog)
Resumo
  • O governo federal planeja testar o sistema de transmissão celular para alertas de emergência em pelo menos dez cidades brasileiras no primeiro semestre, conforme anunciado por Armin Augusto Braun, diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad).
  • A transmissão celular permite que alertas sejam enviados para todos os smartphones em uma área específica, fazendo-os apitar como sirenes, mesmo se estiverem no modo silencioso ou não perturbe, ao contrário dos alertas via SMS que requerem cadastro prévio.
  • A Anatel e empresas de telefonia já testaram a ferramenta por 14 meses, e ela foi entregue ao Ministério da Integração e Defesa Civil em dezembro de 2023, mas ainda não foi utilizada. A implementação depende da capacitação das defesas civis estaduais e municipais.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *