Hunter Schafer disse em uma nova matéria de capa da GQ que ela tem sido estratégica na tentativa de desviar o foco do público de sua identidade de gênero como pessoa trans. A favorita de “Euphoria” não quer que sua identidade seja o único ponto de discussão sobre ela e às vezes tenta evitar dizer a palavra “trans” durante suas entrevistas, a fim de garantir que sua carreira não seja definida apenas por sua identidade de gênero.

“Isso não aconteceu naturalmente de forma alguma. Se eu deixasse isso acontecer, ainda estaria dando ‘Atriz Transsexual’ antes de cada artigo”, disse Schafer.

“Assim que eu digo isso, tudo explode”, acrescentou ela sobre quando a palavra “trans” surge em suas entrevistas. “Demorou um pouco para aprender isso e também demorou um pouco para aprender que não quero ser (reduzido a) isso, e acho que isso é, em última análise, humilhante para mim e para o que quero fazer. Especialmente depois do ensino médio, eu estava cansado de falar sobre isso. Trabalhei tanto para chegar onde estou, superei esses pontos realmente difíceis na minha transição, e agora só quero ser uma garota e finalmente seguir em frente.”

Schafer sabe que “é um privilégio” poder mudar o foco para além da sua identidade de género, dizendo: “Tem sido muito intencional. Recebi ofertas de vários papéis trans e simplesmente não quero fazer isso. Eu não quero falar sobre isso.”

“Sei com certeza que sou uma das pessoas trans mais famosas da mídia no momento e sinto um senso de responsabilidade, e talvez um pouco de culpa, por não ser mais um porta-voz”, concluiu Schafer. . “Mas, em última análise, acredito realmente que não fazer disso a peça central do que estou fazendo me permitirá chegar mais longe. E acho que ir mais longe e fazer coisas incríveis, no interesse do ‘movimento’, será muito mais útil do que ficar falando sobre isso o tempo todo.”

O primeiro papel de Schafer foi Jules em “Euphoria”, a série da HBO ganhadora do Emmy que serviu como sua descoberta. O criador da série, Sam Levinson, está atualmente escrevendo novos roteiros para a atrasada terceira temporada. Schafer saltou para estrela de cinema no ano passado com um papel coadjuvante em “Jogos Vorazes: A Balada de Pássaros e Cobras”, e agora ela está estrelando seu primeiro filme no papel principal com o filme de terror de Neon “Cuco”.

Vá para Site da GQ para ler a capa de Schafer na sua totalidade.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *