No último dia de junho, o índice Ibovespa caiu 0,32%, fechando em 123.906,55 pontos, uma queda de 401,28 pontos.

Apesar desta queda, o mês terminou com um ganho de 1,48%, tornando Junho apenas o segundo mês positivo do ano, após o aumento de 0,99% de Fevereiro.

O dia 30 de junho também marcou o final da semana, do trimestre e do primeiro semestre do ano. A semana terminou com uma alta de 2,11%, dando continuidade ao ganho de 1,40% da semana anterior.

No entanto, o segundo trimestre registou uma queda de 3,28% e o primeiro semestre do ano registou uma queda de 7,66%. No início do ano, as perdas atingiram quase 11%, pelo que a situação melhorou um pouco.

Nos Estados Unidos, o foco do mercado estava no relatório de Despesas de Consumo Pessoal (PCE) de maio.

Ibovespa fecha em baixa em meio às críticas de Lula e às preocupações globais. (Foto reprodução na Internet)

Os dados atenderam às expectativas, mas não foram suficientes para levar o Federal Reserve a reduzir as taxas de juros.

Gustavo Sung, economista-chefe da Suno Research, observou que embora os dados fossem positivos, permaneceram acima dos níveis desejados.

Ele enfatizou que a desaceleração económica e o arrefecimento inicial da inflação foram insuficientes para que o Comité Federal de Mercado Aberto (FOMC) iniciasse a flexibilização monetária.

Francisco Nobre, da XP, compartilhou uma visão semelhante, observando que o mercado parou de adiar as expectativas de corte nas taxas.

No noticiário político, Donald Trump foi considerado vencedor em um debate presidencial contra Joe Biden, que enfrenta incertezas quanto à reeleição.

Esse cenário político contribuiu para que o dólar comercial subisse 1,46%, para R$ 5,58, influenciado pela formação da taxa Ptax no final do mês.

Debate Econômico do Brasil

No Brasil, o presidente Lula continuou a criticar a elevada taxa Selic e a valorização do dólar.

Ele culpou a especulação com derivativos pelos ganhos do dólar em relação ao real e pediu que o Banco Central investigasse.

Lula reiterou sua posição contra ajustes fiscais que afetam pessoas de baixa renda, descartando mudanças em aposentadorias e benefícios como o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Roberto Campos Neto, atual presidente do Banco Central, afirmou que uma projeção alternativa de inflação mostra que os juros estão em 10,5% ao ano.

Isso indica que a taxa Selic é alta o suficiente para levar a inflação à meta por um período mais longo.

Ele também criticou ajustes fiscais focados na receita, argumentando que eles poderiam levar a menos investimentos e crescimento econômico mais lento.

Gabriel Galípolo, provável próximo presidente do Banco Central, enfatizou que a autonomia da instituição não significa ignorar a sociedade ou o governo.

Ele esclareceu que visões divergentes sobre autonomia muitas vezes decorrem de interpretações diferentes.

Destaques do mercado brasileiro

Lula também criticou a Vale (VALE3) por não indenizar os atingidos pelos rompimentos das barragens de Mariana e Brumadinho, afirmando estar disposto a negociar os pagamentos.

Apesar do ruído político, as ações da Vale subiram 1,07%, impulsionadas pelos preços do minério de ferro na China e pela venda de uma participação na PT Vale Indonesia Tbk.

A Petrobras (PETR4) avançou 0,90%, mas esses ganhos não foram suficientes para evitar a queda do Ibovespa.

Grandes bancos como BB (BBAS3) tiveram pequenas variações, enquanto Bradesco (BBDC4) e Itaú Unibanco (ITUB4) tiveram leves quedas.

B3 (B3SA3) caiu 1,54%, com analistas citando menores volumes, preços e potenciais novos concorrentes.

A Embraer (EMBR3) caiu 5,42% e a Equatorial (EQTL3) caiu 0,78%. Fleury (FLRY3) subiu 0,74%, Suzano (SUZB3) subiu levemente e Gol (GOLL4) ganhou 3%.

Os dados mostraram que o déficit primário subiu para R$ 63,9 bilhões (2,53% do PIB). Entretanto, a taxa de desemprego caiu para 7,1% no trimestre encerrado em maio, marcando a taxa mais baixa desde 2014.

O Indicador de Incerteza Econômica Brasileira (IIE-Br) recuou 2,3 ​​pontos em junho. No entanto, a média móvel de três meses aumentou no mesmo montante.

A próxima semana inclui eventos importantes, como o discurso do presidente do Fed, Jerome Powell, o relatório de empregos JOLTs, a produção industrial do Brasil em maio e o relatório da folha de pagamento dos EUA em junho.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *