Multi (MULT3), anteriormente Multilaser, relatou um prejuízo líquido de R$ 69 milhões (US$ 13,4 milhões) no primeiro trimestre de 2024. Isso representa uma redução de 78,8% em relação ao quarto trimestre de 2023 e uma redução de 79,9% em relação ao primeiro trimestre de 2023.

O EBITDA da Multi foi negativo em R$ 27,3 milhões (US$ 5,3 milhões), uma queda de 90,4% em relação ao trimestre anterior e de 90,8% em relação ao mesmo período do ano passado.

O foco da empresa em produtos saudáveis ​​e a descontinuação da linha telefônica influenciaram esse desempenho.

A receita líquida diminuiu para R$ 730,8 milhões (US$ 141,9 milhões), uma queda de 13,1% em relação ao trimestre anterior e 6,9% em relação ao mesmo período do ano passado.

No entanto, o segmento de dispositivos móveis obteve um lucro bruto de R$ 23,8 milhões (US$ 4,6 milhões). O segmento Kids & Sports e as vendas para pequenos e médios varejistas apresentaram crescimento significativo.

Lucro da Helbor sobe, enquanto Multi e Tupy enfrentam desafios no primeiro trimestre de 2024. (Foto reprodução pela Internet)

A Multi encerrou o trimestre com posição de caixa de R$ 269,2 milhões (US$ 52,3 milhões), uma redução de R$ 139,3 milhões (US$ 27 milhões) em relação ao trimestre anterior.

A alavancagem da empresa, medida pela relação dívida líquida/EBITDA, foi de 0,69x no 1º trimestre de 2024. A Multi anunciou nova parceria com a marca chinesa OPPO para fabricação e distribuição de produtos.

Helbor reporta lucro de R$ 33,2 milhões (US$ 6,4 milhões) no primeiro trimestre de 2024

A Helbor (HBOR3) anunciou um lucro líquido de R$ 33,2 milhões (US$ 6,4 milhões) no primeiro trimestre de 2024, um aumento de 19,1% em relação ao primeiro trimestre de 2023.

O EBITDA ajustado do trimestre foi de R$ 64,1 milhões (US$ 12,4 milhões), um aumento de 26,6% em relação ao mesmo período do ano passado, com uma margem EBITDA de 21,7%, um aumento de 3 pontos percentuais.

A receita líquida da Helbor no período atingiu R$ 295,9 milhões (US$ 57,5 ​​milhões), um aumento de 9,5% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Esse crescimento foi impulsionado pelas vendas de estoques prontos e em construção, que representaram 84,6% das vendas totais.

A empresa controlou os custos de forma eficaz, alinhando as despesas com o crescimento das receitas. Isso resultou em um lucro bruto de R$ 92,3 milhões (US$ 17,9 milhões) e uma melhoria na margem bruta de 31,2%.

A dívida líquida da Helbor era de R$ 1,126 bilhão (US$ 218,4 milhões) ao final do primeiro trimestre de 2024, com índice de alavancagem de 1,8 vezes o EBITDA ajustado.

A empresa continua focada na venda de inventário e na entrega de projetos programados, apesar dos desafios económicos contínuos.

Tupy reporta lucro de R$ 112 milhões (US$ 21,7 milhões) no primeiro trimestre de 2024

Tupy (TUPY3) reportou um lucro líquido de R$ 112 milhões (US$ 21,7 milhões) no primeiro trimestre de 2024, uma redução de 23,1% em relação ao primeiro trimestre de 2023.

A empresa enfrentou um ambiente operacional desafiador, caracterizado por volumes de vendas reduzidos e taxas de câmbio desfavoráveis.

O EBITDA da Tupy no primeiro trimestre de 2024 foi de R$ 308 milhões (US$ 59,8 milhões), uma ligeira redução de 2% em relação ao primeiro trimestre de 2023, com uma melhoria na margem EBITDA de 11,2% para 11,9%.

Ganhos de eficiência e reduções de custos impulsionaram essa melhoria. A receita líquida consolidada da empresa foi de R$ 2,6 bilhões (US$ 504,9 milhões), uma redução de 7% em relação ao primeiro trimestre de 2023.

Essa queda deveu-se principalmente à valorização de 5% do real frente ao dólar e à queda no volume físico de vendas.

A Tupy alcançou R$ 121 milhões (US$ 23,5 milhões) em geração de caixa operacional, a maior para o primeiro trimestre da história da empresa.

O segmento de Componentes Estruturais e Contratos de Fabricação registrou um aumento de receita de 13,7% no mercado interno, enquanto o segmento de Energia e Descarbonização registrou uma queda de receita de 15%.

A receita do segmento Distribuição caiu 12,1%, impactada pela implantação de novos softwares de gestão de armazéns e pela redução no volume de construção industrial.

A gestão da Tupy continua focada na geração de caixa e na eficiência operacional, visando melhores resultados nos próximos trimestres apesar do ambiente econômico desafiador.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *