Uma noiva de R$ 2 mil foi dispensada pelo juiz, mas a mãe foi proibida de manter contato com a filha

Estátua em frente ao Fórum onde foi realizada a audiência de custódia (Foto: Arquivo)

Durante audiência de custódia nesta terça-feira (2), uma mãe, de 49 anos, teve a liberdade provisória decretada após ter sido presa na noite de ontem (1°). Ela foi vista pela polícia batendo e xingando a filha de 10 anos. O caso aconteceu por volta das 22h na região do Bairro Coronel Antonino, quando duas estavam no carro, que estavam estacionadas em via pública.

Conforme apurado pela reportagem, a mulher disse para a polícia que a filha era causa de todos os homens de sua vida e por isso queria bater nela. A vítima foi retirada do carro e confirmou as agressões, mas não falou muito, pois aparentava estar amedrontada.

Durante o depoimento na delegacia, a mãe contou à polícia que mudou para Campo Grande com a filha há um mês, as duas moravam em Assis (SP), e em determinado momento a menina chamou um carro de aplicativo e saiu sozinha, o que deixou uma mulher desesperada.

Ainda no depoimento, a mulher contou que estava atrás da filha, assim que a encontrou no caminho brigau com ela. No entanto, disse que apenas chamou a atenção e deu um tapa de leve no braço da menina para ela parar de fazer manha e escândalo.

Na custódia, o juiz dispensou uma noiva arbitrada pela polícia de R$ 2.824,00, mas proibiu a mãe de manter contato com a vítima até o final do processo. A menina ficará aos cuidados do pai.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal fazer Notícias Campo Grande e siga nossos redes sociais.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *