Imax comprometeu telas ao redor do mundo para mostrar Francisco Ford Coppolaa obra-prima de “Megalópole”, confirmou o CEO da empresa, Richard Gelfond, em um evento do Festival de Cinema de Cannes na quinta-feira.

O trailer do filme, que estreou na terça-feira, dizia que “Megalopolis” chegaria aos cinemas Imax este ano – mas não foi especificado que o lançamento seria global.

A preparação para a estreia do épico autofinanciado de Francis Ford Coppola em Cannes, na sexta-feira, foi repleta de expectativa e controvérsia, em parte porque “Megalopolis” ainda não conseguiu um distribuidor nos EUA – embora um lançamento global com Imax possa ajudar a adoçar o Panela. O filme foi distribuído na França e em outros territórios internacionais, incluindo Reino Unido, Espanha e Itália.

“Megalopolis” segue o arquiteto Cesar Catilina (Adam Driver), que após um acidente destrói uma metrópole no estilo da cidade de Nova York, trabalha para reconstruí-la como uma utopia sustentável. O corrupto prefeito Franklyn Cicero (Giancarlo Esposito) desafia Cesar e quer manter o status quo, mas sua filha Julia (Nathalie Emmanuel) se coloca entre os dois homens.

O drama de ficção científica também é estrelado por Aubrey Plaza, Shia LaBeouf, Jon Voight, Jason Schwartzman, Talia Shire, Grace VanderWaal, Laurence Fishburne, Kathryn Hunter, Dustin Hoffman, Chloe Fineman, Madeleine Gardella, Balthazar Getty, Bailey Ives, Isabelle Kusman, James Remar e DB Sweeney.

Coppola vem tentando fazer “Megalopolis” há décadas, eventualmente usando US$ 120 milhões de seu próprio dinheiro de seu império vinícola para produzir o filme. Ele está competindo pela Palma de Ouro deste ano, que Coppola ganhou duas vezes anteriormente por “The Conversation” (1974) e “Apocalypse Now” (1979).

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *