A Samsung apresentou sua linha de TVs The Frame ao público brasileiro originalmente em 2017. Essa família de produtos sempre trouxe a proposta de atender aos fãs de arte por meio da Art Store, sua loja virtual que inclui mais de 2 mil obras de arte de galerias de todo o mundo que podem ser exibidas ao longo do dia na TV.

Uma das coleções que podem ser selecionadas na Art Store são as obras digitalizadas do Metropolitan Museum of Art — popularmente conhecido como The Met. De acordo com a Samsung, o museu localizado em Nova York, Estados Unidos, está alinhado com sua estratégia em “democratizar o acesso à arte” por meio da linha The Frame.

Em entrevista concedida à Samsung, Stephen Mannello, chefe de varejo e licenciamento do The Met, destaca que a parceria entre o museu e o fabricante permitiu apresentar uma parte de sua coleção ao público que se interessa pelos movimentos artísticos mais icônicos, além de reunir pessoas de diferentes países e culturas que nunca visitaram o The Met.

“Trabalhar com a Samsung Art Store nos permite participar em um espaço único onde a tecnologia se encontra com a inovação digital e o design de interiores”, disse o executivo.

A Samsung revelou que uma nova coleção de obras impressionistas do The Met chegará este mês à Art Store. Esse movimento artístico teve início em 1874, apenas quatro anos após a fundação do museu que, desde então, buscou democratizar a arte, tornando-a acessível às massas, segundo Mannello.

A iniciativa digital proporcionou uma extensão da experiência do museu para o ambiente doméstico. Assim como acontece ao visitar galerias, diferentes obras ressoam em pessoas distintas em momentos diversos de suas vidas. É emocionante observar os usuários selecionando e alterando constantemente as obras de arte exibidas em suas casas, de acordo com seu humor, estética de design ou até mesmo a estação do ano.

Stephen Mannello
Chefe de Varejo e Licenciamento do The Met

Mannello conta que a arte deve ser acessível a todos, conforme a filosofia do The Met, mas muitas pessoas só podem visitar o museu uma única vez na vida. Com isso, fica clara a importância de fornecer acesso às coleções seculares por meio das smart TVs da linha The Frame — que, não por caso, possuem design que imita um quadro.

As gerações mais recentes da The Frame, por sinal, contam com novos recursos que incluem uma tela com revestimento antirreflexo, molduras customizáveis ​​e um suporte exclusivo que garante uma fixação de aluguel à parede. É necessário repassar o serviço para ter acesso a todo o conteúdo disponível na Art Store, que custa R$ 16/mês.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *