Netflix está adicionando à sua linha de documentários esportivos três novos programas centrados nos Jogos Olímpicos de Verão de 2024 em Paris, bem como no proprietário do Dallas Cowboys, Jerry Jones.

Em parceria com o Comitê Olímpico Internacional, a Netflix está fazendo ótimas documentações sobre ginástica Simone Bilesa seleção masculina de basquete dos EUA e atletas olímpicos de atletismo, o último dos quais foi encomendado no ano passado e agora é intitulado “Sprint”.

A série Biles é intitulada “Simone Biles: Rising” e estreará sua primeira parte em julho, antes dos Jogos Olímpicos de Verão. A série consiste em quatro episódios de 45 minutos. A descrição oficial afirma:

“Simone Biles tem assuntos inacabados. Nas Olimpíadas de Tóquio em 2020, ela foi uma das maiores histórias que antecederam os Jogos. Mas no desporto, tal como na vida, as competições nem sempre decorrem como planeado. E para Simone, o mundo teve um lugar na primeira fila quando a sua luta privada com a saúde mental explodiu no cenário internacional – forçando-a a retirar-se da competição. Desde então, Simone tem trabalhado duro: enfrentando os traumas difíceis do passado, aprendendo a administrar sua saúde mental, abraçando sua jornada e, no processo, reconstruindo sua ginástica do zero. Sua coragem para voar alto não tem limites, pois neste verão ela planeja retornar aos palcos olímpicos mais uma vez para fazer o que sempre fez: ser a melhor Simone que ela pode ser. Porque apesar de tudo, Simone ainda se levanta.”

Katie Walsh é a diretora da série com produção executiva de Gotham Chopra, Ameeth Sankaran, Giselle Parets e Janey Miller. A Religião dos Esportes produzirá em associação com o Canal Olímpico.

“Sprint” também estreará em julho. A primeira temporada da série seguirá os melhores velocistas do Campeonato Mundial de 2023 – incluindo Sha’Carri Richardson, Noah Lyles e Shericka Jackson. A 2ª temporada começará com eles nas Olimpíadas de 2024.

“Sprint” terá seis episódios de 45 minutos para a 1ª temporada e quatro episódios de 45 minutos para a 2ª temporada. Paul Martin, James Gay-Rees e Warren Smith da Box to Box Films são produtores executivos. A série é produzida pela Box to Box Films em associação com o Olympic Channel.

A série de basquete consistirá em seis episódios de 45 minutos e estreará no início de 2025. A descrição oficial afirma:

“Esta série seguirá potenciais candidatos a medalhas e aspirantes promissores no basquete masculino, enquanto equipes de todo o mundo competem nos Jogos Olímpicos de Paris 2024 e nos eventos de qualificação que antecedem os Jogos Olímpicos. Juntamente com o acesso exclusivo aos bastidores, a história de como o basquete se tornou tão competitivo globalmente será explorada através de gerações de lendas.”

Jake Rogal atuará como showrunner. Connor Schell é produtor executivo junto com Libby Geist, Aaron Cohen e Jason Hehir da Words & Pictures, Barack e Michelle Obama e Vinnie Malhotra e Ethan Lewis da Higher Ground Productions. Words & Pictures e Higher Ground produzem em associação com o Olympic Channel.

As produções são apoiadas pela Federação Internacional de Ginástica, pela International
Federação de Basquete e Atletismo Mundial.

“As Olimpíadas têm o incrível poder de conectar fãs de todo o mundo para testemunhar e vivenciar coletivamente o drama do esporte”, disse Gabe Spiter, vice-presidente de esportes de não ficção da Netflix. “Estamos entusiasmados em colaborar com o Comitê Olímpico Internacional para aprimorar nossa narrativa em torno de três competições principais – ginástica, basquete e corrida – com este acesso único e amplo em Paris 2024.”

“A próxima série esportiva da Netflix oferece um vislumbre cativante da vida dos atletas olímpicos que estão no centro dos Jogos Olímpicos, apresentando histórias inspiradoras e perspectivas únicas”, disse Jérôme Parmentier, vice-presidente de Direitos de Mídia e Parcerias de Conteúdo do COI. “Essas séries vão gerar entusiasmo antes dos Jogos Olímpicos de Paris 2024, que serão transmitidos pelos nossos detentores de direitos de mídia em todo o mundo.”

A série documental de Jerry Jones vem da Skydance Sports e da NFL Films em associação com a Stardust Frames Productions. Diz-se que a série apresentará filmagens e entrevistas nunca antes vistas com Jones e documentará seu trabalho na transformação dos Cowboys em uma franquia dominante da NFL. Outros participantes da série são Troy Aikman, Michael Irvin, Emmitt Smith, Deion Sanders e os treinadores Jimmy Johnson e Barry Switzer, bem como pessoas como o presidente George W. Bush, o fundador da Nike, Phil Knight e Rupert Murdoch.

O show consistirá em 10 episódios de 45 minutos. David Ellison, Jesse Sisgold, Jon Weinbach, Ross Ketover, Ken Rodgers, Jessica Boddy, Keith Cossrow, Chapman e Maclain Way e John Skipper são produtores executivos. Chapman e Maclain Way também dirigem.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *