Paraguai vê crescimento de 5,6% no comércio no início de 2024
Paraguai vê crescimento de 5,6% no comércio no início de 2024

O comércio exterior do Paraguai registrou crescimento de 5,6% no primeiro semestre de 2024, com transações totalizando US$ 16,572 bilhões.

Esse crescimento reflete um aumento significativo em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com o último relatório do Banco Central do Paraguai (BCP).

De janeiro a junho, as exportações atingiram US$ 8,569 bilhões, um modesto aumento de 1,8% em relação aos números do ano anterior.

Essas exportações foram distribuídas por 136 países, destacando os diversos parceiros comerciais do Paraguai.

As importações, por outro lado, aumentaram 10,1%, totalizando US$ 8,003 bilhões. Essas importações vieram de 162 países, indicando uma ampla gama de fornecedores internacionais.

Paraguai vê crescimento de 5,6% no comércio no início de 2024. (Foto reprodução da Internet)

O resultado dessa atividade comercial foi um superávit de US$ 565,6 milhões, embora inferior ao superávit de US$ 1,146 bilhão registrado no mesmo período de 2023.

Analisando as exportações, os produtos primários se destacaram com um valor de US$ 2,476 bilhões, um aumento de 4,0%.

A soja e as fibras de algodão foram os principais contribuintes nesta categoria. O volume de exportações de produtos primários também cresceu 37,5%, atingindo 1,737 milhão de toneladas, com a soja e o trigo liderando esse crescimento.

No entanto, a exportação de energia elétrica diminuiu 15,2% em valor, totalizando US$ 651,4 milhões. O volume teve uma queda significativa de 48,0%, totalizando 7.684,5 MW/h.

As exportações de carne bovina renderam US$ 765,8 milhões, um aumento de 1,2% em valor, apesar de um leve declínio de 0,2% no volume em comparação a junho de 2023.

Esse desempenho comercial é importante porque destaca a resiliência econômica e a adaptabilidade do Paraguai em um mercado global.

O aumento nas importações indica demanda doméstica crescente e atividade econômica. O crescimento das exportações, particularmente em produtos primários, ressalta a força agrícola do país.

No entanto, a queda nas exportações de energia elétrica sugere potenciais desafios neste setor.

No geral, esses números fornecem uma visão abrangente da saúde econômica do Paraguai e sua integração à economia global.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *