A Positivo (POSI3) reportou um lucro líquido de R$ 64,3 milhões (US$ 12,5 milhões) no primeiro trimestre de 2024. Esse lucro é um aumento significativo, 7,5 vezes maior que o mesmo período de 2023.

Ele marca um crescimento anual de 65%. Segundo a empresa, este é o maior lucro líquido já registrado no primeiro trimestre.

O EBITDA da empresa no primeiro trimestre de 2024 atingiu R$ 115,6 milhões (US$ 22,5 milhões), apresentando um aumento de 36,3% em relação ao ano anterior.

No entanto, a margem EBITDA diminuiu ligeiramente 0,4 pontos percentuais, atingindo 11,6%.

A receita bruta da Positivo no trimestre foi de R$ 1,17 bilhão (US$ 227,2 milhões), um aumento de 37,7% em relação ao primeiro trimestre de 2023. Fortes vendas em Soluções de Pagamento e Projetos Especiais impulsionaram esse crescimento.

Positivo reporta lucro recorde, Eneva e Eucatex enfrentam reveses no 1º trimestre de 2024. (Foto reprodução pela Internet)

A geração operacional de caixa da empresa no primeiro trimestre de 2024 foi de R$ 83 milhões (US$ 16,1 milhões), impulsionada pelo maior lucro líquido.

O índice de alavancagem da Positivo, medido como dívida líquida/EBITDA, caiu para 1,3 vezes. Esta é uma redução de 0,2 vezes em comparação com o primeiro trimestre de 2023 e o quarto trimestre de 2023.

Eneva reporta prejuízo de R$ 60,9 milhões (US$ 11,8 milhões) no primeiro trimestre de 2024

A Eneva (ENEV3) reportou prejuízo líquido de R$ 60,9 milhões (US$ 11,8 milhões) no primeiro trimestre de 2024, revertendo um lucro de R$ 222,9 milhões (US$ 43,3 milhões) do mesmo período do ano anterior.

Essa perda deveu-se à redução de receitas e ao aumento das despesas financeiras no período.

O EBITDA da Eneva no primeiro trimestre de 2024 foi de R$ 1,089 bilhão (US$ 211,6 milhões), refletindo uma redução anual de 6,8%.

O EBITDA do primeiro trimestre de 2023 incluiu um impacto positivo de R$ 203,9 milhões (US$ 39,6 milhões) de ajustes de mercado a mercado em contratos de energia.

Excluindo esse efeito, o EBITDA consolidado teria apresentado um aumento anual de 13,1%, equivalendo a R$ 126,7 milhões (US$ 24,6 milhões).

Eucatex reporta lucro de R$ 59,6 milhões (US$ 11,6 milhões) no primeiro trimestre de 2024

A Eucatex (EUCA3) reportou um lucro líquido recorrente de R$ 59,6 milhões (US$ 11,6 milhões) no primeiro trimestre de 2024, uma redução de 30,9% em comparação com o mesmo período de 2023.

Esta descida reflecte os desafios que a empresa enfrenta no actual ambiente económico.

O EBITDA recorrente da Eucatex no primeiro trimestre de 2024 foi de R$ 137,4 milhões (US$ 26,7 milhões), uma redução de 7,6% em relação aos R$ 148,8 milhões (US$ 28,9 milhões) reportados no primeiro trimestre de 2023.

A margem EBITDA também diminuiu ligeiramente, 0,5 pontos percentuais, encerrando o período em 21,4%.

A receita líquida consolidada da empresa no primeiro trimestre de 2024 foi de R$ 641 milhões (US$ 124,5 milhões), uma redução de 5,5% em relação ao primeiro trimestre de 2023.

Essa queda deveu-se principalmente ao ambiente desafiador nos segmentos moveleiro e varejista, que registrou redução de 12,1% na receita.

A administração da Eucatex citou o aumento de custos e despesas operacionais, juntamente com a redução de receitas em segmentos-chave, como fatores que impactaram o lucro líquido.

No entanto, a empresa destacou recuperação em alguns segmentos e espera melhor desempenho com melhorias na estratégia de mercado e expansão das vendas internacionais.

A empresa permanece otimista, focando na otimização de custos e na eficiência operacional para navegar na dinâmica do mercado.

No geral, embora a Positivo tenha obtido lucros recordes, a Eneva e a Eucatex enfrentaram reveses financeiros no primeiro trimestre de 2024. Esses resultados refletem diversos desafios e estratégias nessas empresas.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *