Com lançamento previsto para acontecer em julho deste anouma linha Relógio Samsung Galaxy 7 pode ter um chipset de 3 nanômetros, algo inédito dentro do catálogo de semicondutores do fabricante sul-coreana.

Segundo fontes que possuem acesso aos planos da Samsung, os testes internos com o Exynos W1000 já estão acontecendo, sendo que ele está sendo produzido dentro da segunda geração do processo de 3 nm da empresa.

Com isso, além de garantir mais poder de processamento para o Wear OS, o chip W1000 também oferecerá até 20% mais autonomia para os relógios inteligentes da Samsung.

Atualmente, uma linha Galáxia Relógio 6 usa o chipset Exynos W930 de 5 nanômetros. Por isso, esse “salto” para 3 nm será algo muito importante para a família Galaxy Watch 7, uma vez que ela deve superar os concorrentes Apple Watch Série 9que usam chips de 5 nm.

Outras melhorias esperadas para a série Galaxy Watch 7 incluem armazenamento interno de 32 GB, recurso baseado em IA para detecção de problemas cardíacos e até as mesmas baterias de maior capacidade em alguns modelos.

A Samsung também deve expandir seu catálogo ao apresentar três relógios inteligentes neste ano, sendo que um deles terá design quadrado para atrair consumidores da Apple.

Por enquanto, a coreana não comenta os rumores e vazamentos, mas a previsão é que os relógios sejam apresentados no próximo evento Galaxy Unpacked.

By admin

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *